Novaterra 1080x580

Saiba como são representadas pelos números todas as emoções e coisas do Universo

 

Os Números “irracionais” são emocionais?

Eu me lembro até hoje o quanto detestava o meu professor japonês de cálculo na faculdade.

Eu pensava: quem foi o louco que inventou estas equações cheias de X Y Z i e pi e tantos outros?

Depois de muito tempo surgiu de repente, sem que eu pudesse imaginar, sorrateira e avassaladora, uma grande paixão pelos números.

Pelos números inteiros.

Foi quando eu entendi os números com a visão qualitativa e não quantitativa que ensinam nas escolas, foi paixão!!! Um universo inteiro se abriu diante de mim!

De repente eu olhava para os números de forma diferente e eles conversavam comigo, e fomos fazendo amizade e eu cada vez mais encantada. Mas sempre ficava uma grande dúvida sobre os números “irracionais”, eles ainda não haviam se aproximado de mim ou eu deles…

Até que assisti a um filme, muito lindo, não por acaso, um filme japonês: Hakase.No.Aishita.

Eu não sabia que naquela noite junto com duas grandes amigas, depois de tomar vinho e estarmos “altinhas” eu iria me apaixonar novamente, só que agora pelos números “irracionais”.

O filme foi passando e a sensibilidade e beleza foram se revelando.

Descobri o porquê os números ditos “irracionais” são assim chamados, justamente porque não se consegue entendê-los com a mente lógica, eles estão no universo, são sentimentos, são inspirações, revelam o amor, mostram-nos a imensidão do universo além mente.

Os números estão aí antes do humano. Simplesmente o humano pode expressar-se com aquilo que os números oferecem.

Cada número é ÚNICO, como as estrelas no céu, como cada Ser Humano, como cada flor, como cada coisa no Universo.

A soma, a divisão, a potência, a multiplicação são fáceis de entender, mesmo quando colocamos a matemática no mundo concreto. Podemos somar talentos, dividir resultados, dividir uma amizade que naturalmente se multiplica e assim por diante.

Porque todos somos 1.

O 1 é o único número que se relaciona com todos, que divide todos.

É muito difícil definir o número 1, pois uma folha é 1, mas uma árvore com milhares de folhas também é 1. Assim é o Ser Humano, ÚNICO, mas ainda assim com milhares de características.

É justamente aí que entram os números “irracionais” na historia.

Não que eles já não estivessem aí, mas foi neste momento que pude vê-los.

O humano não é só mente lógica, temos um UNIVERSO INFINITO de sentimentos e estamos inseridos numa realidade que também não é só lógica.

Como explicar o “irracional” Pi = 3,1415926535…. infinito??

Claro que só poderia ser o Número da circunferência que na realidade é o nosso Mundo, nosso Planeta que é infinito.

O  “ i ” que é o valor da raiz quadrada de -1, um número imaginário, nunca se mostra, mas está lá fazendo a diferença, é o amor, que sustenta com seus bracinhos o Mundo, que nada mais é do que o seu “pinguinho”.

E o “e” que seu valor é 2,71888888…. infinito e “irracional” mas diferente do Pi, pois é constante como o espírito que está em todas as coisas.

e elevado a pi vezes i = ? não existe resposta para esta equação mas se:

e elevado a pi vezes i + 1 = 0     Ou seja:  acrescentarmos uma coisa ou uma pessoa ao espírito, ao amor e ao mundo chegamos ao Tudo e ao Nada, a Fonte primordial, o TAO  de onde todas as possibilidades existem, nasce um novo universo, ou seja = 0 (zero)

Esse é o momento da “Criação” do Universo, das coisas e do nosso “Mundo”, pois ele não existiria sem o Espírito ( e) Infinito ( Pi ), sem o Amor ( i )  e sem o Humano (1).

Apaixonante, não é???

Eu me rendo… mais uma vez… eu me rendo ao meu amor pelos números…

Que o Universo 0 abençoe a todos.

Beijo no coração.

 

Sulla Turanny

Leave a Comment