Numero 1 site

Antes do 1:

Número 0 (zero)

O nada.

Antes de tudo, antes de surgir o universo manifestado não existia nada, porém o nada contém o tudo e tudo surgiu do nada.

É o Tao. No ocultismo é o número da eternidade.

Na Matemática, propriamente dita, o zero não tem valor sozinho, porque é abstrato, enquanto todos os outros números se localizam no plano simbólico do concreto.

Quando o zero se une à direita de outro número, temos o conceito de dezenas, centenas, milhares, até o infinito.

Era somente o vácuo, sem princípio, nem fim significando a eternidade e o universo. Contém todas as possibilidades existentes.

É simbolizado pelo círculo, pelo zero.

É o embrião de todos os números, dentro do útero, dentro de si mesmo.

No nada, não há movimento, não há motivação.

Mas junto a outro número é uma elevação, um salto quântico.

Então algo acontece: é pronunciado o “Verbo”.

No Cristianismo, simboliza o início de tudo: “Antes de tudo era Deus, então Deus se fez verbo e o verbo se fez Luz!

O “Big Bang” do universo manifestado no físico. Dá-se, então, o Inicio de tudo, de todos os universos, de todas as galáxias, de todos os planetas, da matéria e seres.

A semente inicial, o primeiro impulso, a força da vida.

É o primeiro ponto dentro do círculo, a semente que é plantada, a fecundação, o nosso globo.

O início de Tudo.

Quando a semente germinou, se forma uma linha e se abre o “Tempo”, pois tudo existe somente através do tempo e espaço. Com o início do tempo temos o início das transformações, pois o Tudo se transforma o tempo todo!

 

Número 1

A linha, a energia Primordial YANG, o princípio masculino da dualidade.

Primeira manifestação, que na verdade é a divisão, onde o 1 e o 2 surgem simultaneamente, mas para melhor entendimento falaremos destas duas energias separadas.

Quando tudo começa, surge a primeira energia, que é criativa, do Pai, da iniciativa, pois é a primeira. É aquela que inicia tudo que existe.

No homem é o momento que reconhece a si mesmo, o início de tudo, o início do movimento, o criativo, abre caminho para os outros números, desbrava e conduz à frente de todos.

A unidade manifestada, o Pai, o Adão. Fonte das ideias, a liderança a iniciativa.

O 1 aparece primeiro, aparece sozinho. É o original, justamente por ser a origem, o primeiro, o início contendo todas as ideias primordiais. No 1 está o absoluto, nele contém toda a origem dos infinitos possíveis que se inicia em materialização.

É a astucia, o poder, a habilidade, a energia, a vontade.

É difícil explicar o número 1, pois uma folha é 1 e uma árvore que contém milhares de folha também é 1. Ele é único, unitário, mas também é múltiplo.

 

Leave a Comment